Câncer de Mama

Incidência

O câncer de mama é um dos tipos mais comuns de cânceres na área feminina.  A incidência do câncer de mama, nestes últimos tempos tende a aumentar em virtude do nível de detecção através de programas de rastreamento surpreendendo tumores antes de se tornarem clinicamente evidenciados.

Sinais e Sintomas

  • Modificação na mama
  • Nódulo
  • Engrossamento e retração da pele da mama
  • Irritação da pele, retração e escamas no mamilo
  • Sangramento pelo mamilo
  • Secreção aquosa

Fatores de Risco

  • Hereditariedade – história familiar e pessoal da doença
  • História menstrual  – início precoce e término tardio da menstruação
  • Obesidade
  • Consumo excessivo de gordura animal e uso de hormônio
  • Mulheres que já tiveram câncer do útero, ovário, intestino, linfomas e leucemia
  • Câncer da mama oposta

Detecção Precoce

  • Mamografia, método mais eficaz e importante na detecção de lesões mínimas, que contribuem para um índice de cura muito alto
  • Ultra-sonografia – determina a textura do nódulo, avalia massas palpáveis e orienta as punções realizadas pelos médicos
  • Biópsia mamária – que tem como objetivo retirar um fragmento do tumor
  • Auto exame
  • Exames clínicos

Auto Exame

  • Ponha-se defronte a um espelho com boa iluminação. Primeiro, de braços para baixo, depois erga os braços.  Observe se há qualquer alteração no contorno e forma de sua mama, alguma saliência ou reentrância.  Veja se há qualquer anormalidade da pele, da aréola ou da papila.
  • Agora, deite e ponha um travesseiro pequeno ou mesmo uma toalha dobrada embaixo do ombro direito.   Com a mão esquerda, examine cuidadosamente a mama direita, faça uma pressão suave e pequenos movimentos circulares.  Pronto, faça o mesmo com a mama esquerda.
  • Faça movimentos bem sutis, tentando encontrar algum nódulo, endurecimento ou depressão.
  • Aperte a mama e veja se há alguma secreção pelo “Bico”.  Observe bem a cor.  Verifique se é leitosa, serosa, esverdeada ou sangüinolenta.

Como caracterizamos o câncer de mama?

O câncer de mama é caracterizado por uma alteração celular das glândulas mamárias que perdem a capacidade de controlar a divisão celular, tornando-se imortais, dividindo-se indefinidamente até formarem nódulos e caroços, aglomerados de células.

O câncer de mama afeta um órgão que tem importante papel na estética corporal: na feminilidade, maternidade, amamentação e vida sexual.

Tratamento

Hoje em dia já se dispensam aquelas cirurgias mutiladoras. Outros métodos são aplicados:

  • Mastectomia – retirada da mama com sua reconstrução imediata.  Colabora, assim na reabilitação física e psicológica da paciente.
  • Cirurgia
  • Radioterapia
  • Quimioterapia e combinações

Lembre-se!  Não há risco de transmissão da doença, o convívio com os familiares e amigos é muito importante para o tratamento do paciente.