MEMORIAL

MAURÍCIO MAGALHÃES COSTA

Maurício Augusto Silva Magalhães Costa, 55 anos, nasceu no Rio de Janeiro, filho de pai advogado e mãe professora. Cursou o ginásio e ensino médio no Colégio Marista São José. Casado com Ana Maria Aranha Magalhães Costa, médica, é pai de dois filhos.

Desde estudante, seu projeto de vida profissional sempre teve como foco entrar para a faculdade de Medicina e se especializar na área da Ginecologia, o que começou a se tornar realidade poucos anos depois, consolidando sua vocação. Aos 17 anos, precocemente, Maurício iniciava a sua vida universitária no campus da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ – depois de ser aprovado, de modo imediato, pelo rigoroso exame vestibular.

Durante sua formação, estagiou na especialidade de Obstetrícia, e nela passou os dois primeiros anos da faculdade. No terceiro ano, continuou os estudos na área de prevenção de câncer ginecológico trabalhando nas unidades volantes do programa de saúde das Pioneiras Sociais – liderado então pelo Prof. Arthur Campos da Paz – na época um programa de grande destaque no setor da saúde pública nacional.

Nesta ocasião, visitou inúmeras comunidades da capital e municípios do Estado do Rio de Janeiro onde os ônibus das Pioneiras Sociais estacionavam para atender à população. Foi quando surgiu o seu interesse pela Oncologia Ginecológica. Para aprimorar sua formação, fez o internato em Cirurgia Geral no Hospital Universitário da UFRJ, Serviço do Prof. José Hilário de Oliveira e neste período foi monitor, por concurso, da disciplina de ginecologia da faculdade de medicina da UFRJ, e logo após, a residência em Ginecologia e Obstetrícia.

Durante o tempo de faculdade, paralelamente ao estágio em Obstetrícia na Maternidade Carmela Dutra (INAMPS), o então estudante Maurício já desenvolvia intenso trabalho social na saúde, como, por exemplo, a avaliação de gestação de alto risco em mulheres de comunidades carentes. Do 3º ao 5º ano trabalhou em um programa da Organização Pan-Americana de Saúde em parceria com o Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ – no campus avançado na Comunidade do Escondidinho, zona norte da cidade.

Logo depois, sempre interessado e envolvido no atendimento às populações carentes ou que vivem em regiões com escassos recursos relacionados à saúde, Maurício Magalhães Costa participou, na cidade de Parintins, no Estado do Amazonas, do Projeto Rondon. Lá, durante um ano liderou um programa de trabalho de Prevenção ao Câncer Ginecológico. Durante este período foi monitor do Centro de Produção da UERJ (CEPUERJ). Ao terminar a Medicina na UFRJ escreveu a monografia na qual relatava sua experiência no Amazonas. Com ela, ganhou o Prêmio Rondon de Monografias entregue pelo então Ministro Mario Andreazza em janeiro de 1982, em Brasília.

Ao final da graduação prestou concurso de residência em Ginecologia e Obstetrícia na UFRJ e UERJ, sendo classificado em 1º lugar em ambos os concursos. Também foi aprovado para o Instituto de Ginecologia da UFRJ em 4º lugar.

Continuando a dinâmica vida de jovem médico recém formado, neste mesmo período, ao cumprir residência em Ginecologia no Hospital da UFRJ, na Ilha do Fundão, inscreveu-se como candidato a uma bolsa de estudos na Suécia – ele e a também jovem médica Dra. Ana Maria Aranha Magalhães Costa, com quem estava recém casado.

O casal ganhou a bolsa de estudos do Instituto Sueco para estágio de treinamento por um ano no Instituto Karolinska, em Estocolmo. A Dra. Ana Maria em pesquisa básica na área de Imunologia e Dr. Maurício Magalhães Costa em especialização de Oncologia Ginecológica e Mamária.  Durante este período escreveu dois artigos que foram publicados em revistas indexadas e posteriormente apresentados no Congresso Mundial da Internacional Federation of de Gynecology and Obstetricis (FIGO) em Berlin. COSTA, M. A. S. M. . HORMONE RECEPTOR ANALYSIS IN ENDOMETRIAL CYTOLOGY SAMPLES COLLECTED BY GYNOSCANN. Analytical and Quantitative Cytology and Histology, Estados Unidos, v. 10, n.3, p. 211-213, 1988. COSTA, M. A. S. M. ; SJOVALL, K. ; EINHORN, N. ; RYDE, E. ; LUNDQVIST, G. . ENDOMETRIAL ABNORMALITIES DIAGNOSED BY THE GYNOSCANN METHOD. Acta Obstetricia et Gynecologica Scandinavica, Escandinávia, v. 65, p. 473-475, 1986.

Foi no país nórdico que ele cumpriu o segundo ano da sua residência. Retornou ao Rio de Janeiro para concluí-la, e foi médico voluntário no hospital da UFRJ, na Ilha do Fundão, na área de Oncologia Ginecológica e Mamária.  Em 1985 começou a carreira de médico contratado pelo HUCFF, onde atua como servidor público federal.

Prosseguiu sua carreira acadêmica realizando o mestrado na Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil. Título: Quimioterapia Adjuvante em Câncer de Mama – Estudo Crítico dos Efeitos Colaterais,Ano de Obtenção: 1992.Orientador: Nísio Marcondes Fonseca. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.  Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Ginecologia. Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas.

Doutorado em Medicina (Ginecologia). Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil. Título: Quimioterapia Primária em Câncer de Mama Localmente Avançado: Estudo Comparativo entre Dois Esquemas Terapêuticos com Intensificação de Doses, Ano de obtenção: 1997. Orientador:  Jacir Luiz Balen. 
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Ginecologia. Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas.Pós-Doutorado. Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil. Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Enzimologia e Controle do Metabolismo.

Hoje é chefe do Setor de Oncologia Ginecológica, Coordenador Científico do Serviço de Ginecologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) e professor colaborador do Curso de Graduação. Participa da orientação de Seminários e Projetos de Pesquisa.

Prestou concurso público para o INAMPS do Estado do Espírito Santo e Secretaria de Defesa Civil do Rio de Janeiro (Bombeiro Militar) em 1985 e 1986, sendo classificado em 1º lugar em ambos os concursos.

Em 1994, em processo seletivo internacional ganhou a bolsa de estudo Alan Dembo do Hospital Princess Margareth, de Toronto.

Paralelamente, iniciou intensa atividade associativa sendo eleito Secretário Geral da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro (SGORJ) em 1987, permanecendo no cargo até 1991. Em 1992 foi eleito Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) – Regional do Rio de Janeiro e em 1995 Secretário-Geral da SBM.

Posteriormente ocupou os cargos de editor geral da Revista Brasileira de Mastologia (2002-2004), presidente da comissão do título de especialista em Mastologia, presidente da comissão de educação comunitária e da comissão científica da Escola Brasileira de Mastologia. Foi membro do conselho editorial da Revista Femina e da Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Foi também membro da comissão de Oncologia Ginecológica e Mastologia da Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e da comissão científica da International Gynecologic Cancer Society (IGCS). Atualmente, é diretor da seção de Mastologia do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC), membro do Membership committee, do Board of Directors da American Society of Breast Diseases (ASBD) e do Presidential Committee da Senology International Society (SIS). Estas atividades associativas culminaram com a presidência da Federação Latinoamericana de Mastologia (FLAM) biênio 2012-2013. É diretor editorial da SIS E-Journal e editor associado da Revista de la Sociedad Española de Senologia e Patologia Mamaria.

Colecionador dos mais prestigiados títulos na sua especialização médica, o Dr. Magalhães Costa é detentor da Equivalência de Licenciatura em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, em 2008; Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pela UFRJ, e Especialização em Oncologia Ginecológica pelo Instituto Karolinska, na Suécia, em 1985. Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado pela UFRJ. Também Especialização por Concurso em Ginecologia e Obstetrícia (TEGO) e em Mastologia (TEMA) e Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (TCBC)

Formou-se no Master Business Administration (MBA) Executivo em Saúde pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC), no ano de 2001.

Em 1994 foi convidado para assumir a Direção Médica da Pharmacia, empresa farmacêutica sueca, onde atuou, por dois anos, na área de pesquisa clínica, marketing, treinamento e comércio exterior. Neste período desenvolveu intensa atividade internacional de intercâmbio científico na área de Oncologia e Nutrição.

Em 1999 foi convidado para participar da criação da Rede Alfa de Hospitais, que objetivava construir três hospitais no Brasil. O Hospital Alfa de Recife, Hospital da Bahia em Salvador e Hospital das Américas no Rio de Janeiro. Hoje preside o Conselho do Centro Médico do Américas Medical City

Autor do livro Câncer de mama para ginecologistas, Editora Revinter, lançado em maio de 1994 e tradutor do livro Atlas de Mamografia de Laslo Tabar, da mesma editora.

Dedicado a difundir questões relativas à prevenção do câncer de mama entre a população feminina, o Dr. Magalhães Costa é autor de livros dirigidos ao público de modo geral. Escreveu e publicou o volume Saúde dos Seios, pela Editora Diagraphic, Rio de Janeiro, e Saúde e Beleza dos Seios/ Mais de cem respostas para suas perguntas, Editora Record, RJ. Em 2013, durante o III International Congress of Breast Diseases Centers, em fevereiro, na capital da França, o Professor Magalhães Costa lançou a versão francesa deste mesmo livro, pela Editora Eska, de Paris – Plus de Cent Questions sur vos Seins.

Participou da elaboração do capítulo sobre o câncer de mama do livro Te Cuida de autoria do cardiologista Cláudio Domênico, da Editora Casa da Palavra, publicado em 2012.

Produziu 26 artigos em revistas científicas e assinou 22 capítulos em livros de colegas de profissão.

É autor de dezenas de artigos em mídia impressa e eletrônica, no Brasil, na América Latina, Europa e Estados Unidos.

É regular e frequente a participação do Dr. Magalhães Costa em eventos médicos – cursos, congressos, simpósios, encontros, debates, colóquios, mesas redondas, jornadas e painéis – tanto no Brasil como no exterior.

Neles, atua ora como professor, ora como conferencista, apresentador de trabalhos técnicos, debatedor e/ou moderador. Participou de 295 eventos médicos e somente em 2012, participou do II International Congress of Breast Diseases Centers em Paris, II Congresso Asiático de câncer de Mama em Bangalore, India, Congresso Argentino de Mastologia em Córdoba, World Oncology Forum em Lugano, Suiça, Breast Health Global Innitiative em Viena, Austria, Simpósio da American Society of Breast Diseases e Curso da Escola de Oncoplastia da ASBD em Dallas, USA.

Teve a oportunidade de organizar inúmeros congressos regionais e internacionais, destacando recentemente a presidência da comissão científica do 17º Congresso Mundial de Mastologia realizado em Salvador, Bahia, de 10 a 13 de outubro de 2012, e  presidiu a comissão organizadora do Pan American Breast Cancer Symposium que foi realizado em 10 e 11 de maio de 2013 no Rio de Janeiro e do 18º World Congress on Breast Health, em Orlando, Florida, que será em outubro de 2014. No Congresso da IGCS em Vancouver, Canadá, outubro de 2012 concorreu e captou o Congresso Internacional da IGCS de outubro de 2018 para o Rio de Janeiro, como presidente da comissão científica.

O entusiasmo pelo tema das doenças da mama levou o médico a criar e fundar há vinte e seis anos o Clube da Mama, no Rio de Janeiro, que ocupou um espaço importante na agenda dos profissionais envolvidos com a especialidade, uma vez que mensalmente reune mastologistas, ginecologistas, radiologistas, oncologistas, radioterapeutas, cirurgiões plásticos, psicólogos, fisioterapeutas, e público interessado, para troca de informações e experiências.

Destaca-se na sua atividade acadêmica a participação regular na orientação e supervisão de teses e dissertações de mestrado, doutorado e bancas examinadoras de candidatos a concurso público, tendo 28 participações em bancas examinadoras de trabalhos de conclusão de mestrado e 28 bancas de exames de qualificação e de doutorado. Neste âmbito, orientou uma tese de mestrado e quatro de doutorado: Magda Gomes. Fatores de risco em câncer de mama. 2005. Dissertação (Mestrado em Medicina (Cirurgia Geral)) – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Mauricio Augusto Silva Magalhães Costa. Rafael Henrique Szymanski Machado. Localização e exérese de lesões mamárias subclínicas por cirurgia radioguiada: uma comparação de métodos de controle radiológico. 2012. Tese (Doutorado em Medicina (Radiologia)) – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Co-Orientador: Mauricio Augusto Silva Magalhães Costa. Raquel Guimarães Coelho. Novas abordagens terapeuticas e marcadores de prognóstico para carcinomas mamários humanos. 2011. Tese (Doutorado em Bioquímica) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janeiro. Co-Orientador: Mauricio Augusto Silva Magalhães Costa. Cristos Pritsivelis. Comparação da injeção subdérmica com a intradérmica para a identificação do linfonodo sentinela em pacientes com câncer de mama. 2010. Tese (Doutorado em Medicina (Radiologia)) – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Mauricio Augusto Silva Magalhães Costa. Tereza Sollero Cláudio da Silva. Micrometástases de câncer de mama na medula óssea: Correlação com o estadiamento pós-cirúrgico da axila. 2001. Tese (Doutorado em Medicina (Ginecologia)) – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Mauricio Augusto Silva Magalhães Costa.

Ainda na área acadêmica, o médico Maurício Magalhães Costa participa do treinamento de residentes do Serviço de Ginecologia do HUCFF.

Sua visão multidisciplinar o conduziu a promover, na sua linha de pesquisa, uma integração importante entre as áreas básica e clínica. Dinâmico, Dr. Maurício participa dos projetos: Mecanismos associados à transição epitélio-mesenquimal na interação entre linhagem de tumor de mama e células mesenquimais do estroma, em parceria com a médica Maria Isabel Doria Rossi; Atual identificação de novos alvos terapêuticos para o desenvolvimento de fármacos antineoplásicos: alterações no metabolismo de glicose, que visa estudar as alterações metabólicas em tumores com ênfase nas possibilidades terapêuticas associadas ao metabolismo tumoral, em parceria com Mauro Sola-Penna e Adriana Regina Todeschini, financiado pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro – FAPERJ; Rede em Nanobiotecnologia: desenvolvimento de um sistema protótipo para carreamento e liberação controlada de CTZ e salicilatos para o tratamento de câncer a partir de nanopartículas poliméricas (PCL) e Inovações terapêuticas para o controle de neoplasias : Nanobiotecnologia na formulação de medicamentos antitumorais cujas metas são: ratificar o uso de CTZ e dos salicilatos como potenciais quimioterápicos para o tratamento de tumores metastáticos ou não de mama humanos e vetorizar a utilização destes fármacos através de nanopartículas, em parceria com Mauro Sola-Penna, Maisa Luciana Santos de Souza e Patricia Zancan, igualmente financiado pela FAPERJ; Avaliação da alteração da distribuição celular da fosfofrutocinase em tumores mamários humanos – novas abordagens terapêuticas e marcadores de prognóstico, estudo produzido no programa de Pós Doutorado do Dr Magalhães Costa com a colaboração do Prof. Sola-Pena.

Instigado pela curiosidade científica, Dr. Magalhães Costa participa como pesquisador principal do projeto Contribuição da Mutação Portuguesa BRCA2 c.156_157insAlu  para o Câncer de Mama/Ovário Hereditário no Brasil, um estudo colaborativo entre HUCFF – UFRJ, Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira – UFRJ e Instituto de Oncologia do Porto – Portugal. Nele, os objetivos são: estimar a contribuição da mutação BRCA2 c.156_157insAlu para a predisposição hereditária dos cânceres de mama e ovário no Brasil; estimar a contribuição da mutação BRCA2 c.156_157insAlu para o câncer de mama em homens no Brasil; verificar se a mutação BRCA2 c.156_157insAlu está presente em populações de diferentes etnias no Brasil; observar a prevalência da mutação no Brasil. De acordo com os resultados o projeto pode promover a transferência de conhecimento sobre a metodologia para a rápida detecção.

Mais quatro pesquisas se encontram sob a responsabilidade do Dr. Maurício Magalhães Costa – duas concluídas, outras duas em andamento

A busca pela excelência da assistência e a preocupação com o diagnóstico precoce levou o Dr Maurício a integrar o projeto Atual Implantação da Mamografia Digital e Detecção com gama-probe em Cirurgia Radioguiada no Serviço de Radiodiagnóstico da Universidade Federal do Rio de Janeiro sob a responsabilidade de Lea Mirian Barbosa da Fonseca, além da colaboração de Afranio Coelho de Oliveira e Maria Celia Djahdjah, com o objetivo principal de implantar um mamógrafo digital no Departamento de Radiologia e Serviço de Radiodiagnóstico do HUCFF-UFRJ.

Dentre os prêmios recebidos pelo professor Magalhães Costa destacam-se a Medalha da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, em 2008, e, no mesmo ano, o Premio Lilly de Oncologia Mamária do Lilly e do Grupo Brasileiro de Estudos de Câncer de Mama. Ele é detentor também do Premio Lions Saúde 2007-2008, da Associação Internacional de Lions Clubes.

Recebeu, por duas vezes, o Prêmio Madame Durocher (1997 e 2003), da Academia Nacional de Medicina, ao melhor trabalho na área de saúde da mulher. Em 1997 com o trabalho Quimioterapia Primária em Câncer de Mama Localmente Avançado: Estudo Comparativo entre Dois Esquemas Terapêuticos com Intensificação de Doses e em 2003 com o trabalho Detecção de micrometástases na medula óssea de pacientes com carcinoma de mama correlação com o sangue periférico. Recebeu Menção Honrosa do II Fórum Nacional de Pesquisas com o trabalho Detecção de micrometástases na medula óssea de pacientes com carcinoma de mama, da Sociedade Brasileira de Mastologia.

Promove há 7 anos o Módulo de Educação continuada em Oncologia Mamária, curso de curta duração, promovido pela Seção de Mastologia do CBC, com duração de um mês.

Em regime de formação complementar, o médico Magalhães Costa frequentou os seguintes cursos de extensão e de curta duração:  2007 – Extensão universitária em Empreendedorismo no IBMEC, Brasil.  2005 – Curso de curta duração em Estágio Clínico-cirúrgico no Instituto Europeu de Oncologia, IEO, Itália.  2002 – Curso de curta duração em Breast Cancer Orientation Course no Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, MSKCC, Estados Unidos. 2000 – I Curso Avançado SBOC/ESO de Oncologia na Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, SBOC, Brasil.  1999 – Curso de curta duração I Advanced Course on Mastology Current Management no European Institute of Oncology, EIO, Itália. No mesmo ano,  Curso Avançado de Oncologia/ Câncer de Mama da Escola Europeia de Oncologia, ESO, Itália. 1995 – Curso de curta duração em Aromatase Inhibitors in the Treatment of Advanced na Discovery International-Division of Continuing Medical Educational, DI, Estados Unidos.  1994 – Curso de curta duração V Basic Course in Clinical Trials, em Pharmacia, P, Suécia.  1983/84  – Extensão universitária em Fellowship no Instituto Karolinska, KI, Suécia.

Atualmente, o Dr. Maurício Augusto da Silva Magalhães Costa tem consultório na Clínica Sorocaba, situada no bairro de Botafogo, Zona Sul da Cidade do Rio de Janeiro e no Américas Medical City, na Barra da Tijuca, onde atende vasta clientela particular.

Promove cirurgias e consultas junto às suas clientes e no atendimento do HUCFF, na Ilha do Fundão.

Suas atividades diversificadas na área de especialização médica incluem Pesquisa e Desenvolvimento, no Laboratório de Enzimologia e Controle do Metabolismo (LabECoM); Conselhos, Comissões e Consultoria, no HUCFF onde também participou como membro suplente do Comitê de Ética em pesquisa com seres humanos da Faculdade de Medicina da UFRJ.

O Dr. Magalhães Costa trabalhou como médico ginecologista na Fudação Rubem Berta, da VARIG, foi médico plantonista na Maternidade do Hospital Raphael de Paula e Souza – HRPS –; médico obstetra no Instituto Municipal da Mulher Fernando Magalhães – IMMFM – e  médico perito no Instituto Nacional do Seguro Social No Rio de Janeiro – INSS/RJ (1988 a 1998).

Na Enfermaria de Clínica Médica do Professor Clementino Fraga Filho, na Santa Casa da Misericórdia, o Dr. Maurício, no início da carreira, foi professor voluntário colaborador na disciplina Ginecologia para Clínicos.

Fundou e coordena os portais da CMMC (www.cmmc.med.br), Federação Latino-americana de mastologia (www.flamastologia.org), Clube da Mama (www.clubedamama.org.br) e administra o facebook da FLAM e SIS Journal

Dentre as produções bibliográficas destacam-se: Tabar, L, Costa, M. A. S. M., Costa, A. M. A. M., Tourinho E., Oliveira, H. C. – Atlas de Mamografia. Rio de Janeiro: Revinter, 1994. Costa, M. A. S. M. O que as mulheres querem saber sobre câncer de mama. As 100 perguntas mais frequentes. Caxias do Sul. Editora mesa-redonda Ltda., 2005. (Prefácio,), Mastites. In: C. R Chagas, C.H Menke, R. Vieira, R. Boff. (Org.). Tratado de Mastologia da SBM. 1ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2010, v. 01, p. 461-467. Abscesso Periareolar Crônico. In: C.R. Chagas, C.H Menke, R. Vieira, R. Boff. (Org.). Tratado de Mastologia da SBM. 1ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2010, v. 01, p. 468-468. Tratado de Mastologia da SBM. 01ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2010, v. 01, p. 977-980. Lesões não palpáveis da mama. In: Ricardo Antonio Boff e Francisco Wisintainer. (Org.). Mastologia moderna – abordagem multidisciplinar. Caxias do Sul: Editora Mesa Redonda, 2006, v. 01, p. 91-108. Prevenção primária do câncer de mama. In: Ricardo Antonio Boff; Francisco Wisintainer. (Org.). Mastologia moderna – Abordagem multidisplinar. Caxias do Sul – RS: Editora Mesa – Redonda, 2006, v. 01, p. 425-430. Complicações da cirurgia da mama. In: Accyoli Moreira Maia e Antonio Carlos Iglesias. (Org.). Complicações em cirurgia. Prevenção e tratamento. Rio de Janeiro: Guanabara Koogam, 2005, v. 01, p. 555-563. Conduta em nódulo de mama suspeito. In: Ricardo Antonio Boff e Francisco Wisintainer. (Org.). O que as mulheres querem saber sobre câncer de mama-As 100 perguntas mais freqüentes. 1ed. Caxias do Sul: Mesa Redonda, 2005, v. 01, p. 111-114. Tumores de Ovário. In: José Carlos de Jesus Conceição. (Org.). Ginecologia Fundamental. 01ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 2005, v. 01, p. 203-213. Câncer de mama na gravidez. In: Jorge de Rezende. (Org.). Obstetrícia. 10ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2004, v., p. Câncer de Mama. In: Jorge de Rezende. (Org.). Obstetrícia. 9ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002, v. 1, p. 616-620. Lesões não palpáveis da mama. In: Ricardo Antônio Boff. (Org.). Mastologia aplicada. Abordagem multidisciplinar. 1ed.Caxias do Sul: Editora da Universidade de Caxias do Sul, 2001, v. 1, p. 83-99. . Câncer de mama. Index Bronstein. 1ed. Rio de Janeiro: GMT Editores, 2001, v. 1, p. 101-103. Processos Inflamatorios da Mama. In: Hildoberto Carneiro de Oliveira. (Org.). Tratado de Ginecologia. 1ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2000, v. 2, p. 1066-1074. Doenças infectocontagiosas e amamentação. In: Luiz Ayrton Santos Junior. (Org.). A mama no ciclo gravídico-puerperal. 1ed.Rio de Janeiro: Atheneu, 2000, v. 1, p. 151-156. Primary chemotherapy of locally advanced breast cancer. In: J Cardoso da Silva. (Org.). Breast Diseases – Senology. 1ed.Bologna: Monduzzi Editore, 1998, v. 1, p. 731-737. Câncer de Mama. In: Jorge de Rezende. (Org.). Obstetrícia. 8ed. São Paulo: Guanabara Koogan, 1998, v. 1, p. 616-620. Lactação: Fisiologia e complicações. In: Josélio Martins Franco. (Org.). Mastologia – Formação do especialista. 1ed.Rio de Janeiro: Atheneu, 1997, v. 1, p. 71-76. Conservative versus radical treatment of breast cancer. Selection of patients for conservative treatment. In: Antonio S S Figueira Filho. (Org.). Mastology – Breast Diseases. 1ed. Amsterdam: Elsevier, 1995, v. 1, p. 197-200.  Câncer de Mama. In: Jorge de Rezende. (Org.). Obstetrícia. 7ed.São Paulo: Guanabara Koogan, 1995, v. 1, p. 555-558. História Natural do Câncer de Mama. In: Maurício Magalhães Costa, Henrique Moraes Salvador Silva, Ezio Novais Dias, Antonio Figueira Filho. (Org.). Câncer de Mama para ginecologistas. 1ed. Rio de Janeiro: Revinter, 1994, v. 1, p. 15-21. Câncer de mama no ciclo grávido-puerperal. In: Maurício Magalhães Costa, Henrique Moraes Salvador Silva, Antonio Figueira Filho, Ezio Novais Dias. (Org.). Câncer de mama para ginecologista. 1ed. Rio de Janeiro: Revinter, 1994, v. 1, p. 165-172.  . Métodos diagnósticos citopatológicos e histopatológicos. In: Costa, MASM, Silva, HMS, Figueira Filho, ASS, Dias, EN. (Org.). Câncer de mama para ginecologistas. 1ed. Rio de Janeiro: Revinter, 1994, v. 1, p. 53-64.